Cidades

Academias, salões de beleza e escola têm reabertura suspensa

Com decisão judicial, Ibaneis Rocha (MDB) suspende decreto que autoriza os setores a retomarem as atividades. Governador recorre da decisão

Samara Schwingel
postado em 09/07/2020 10:16
 (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Ainda não há nova data prevista para retorno das atividadesO governador Ibaneis Rocha (MDB) suspendeu o decreto que autorizava a volta de atividades não-essenciais no Distrito Federal. A decisão, publicada em edição extra do Diário Oficial do DF nesta quarta-feira (8/7), foi desencadeada por uma decisão do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT).

A publicação suspende o decreto no 40.939, de 02 de julho de 2020. Ou seja, voltam a vigorar as medidas da decisão de 22 de maio, que proíbe o funcionamento de atividades como bares, restaurantes, academias, salões de beleza e escolas.

O que é permitido

[SAIBAMAIS]Shoppings e centros comerciais podem funcionar, mas apenas das 13h às 21h e sem as praças de alimentação. Farmácias, supermercados, padarias e petshops devem seguir a mesma regra. Confira lista completa das atividades que podem funcionar em horário especial e com as medidas de segurança e higienização necessárias:
Supermercado
Hortifrutigranjeiros
Farmácias
Padarias
Postos de combustíveis
Lojas de materiais de construção
Açougues
Peixarias
Clínicas, consultórios médicos e clínicas veterinárias
Lojas de conveniências
Oficinas mecânicas
Funerárias
Lotéricas
Óticas
Petshops
Floriculturas
Sistema S

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação