Cidades

Coronel da PM de Goiás é alvo de investigação do Ministério Público

Coronel é investigado por atos de improbidade após suspeitas de uso ilegal de viaturas para benefício pessoal

Alan Rios
postado em 10/07/2020 13:50
 (foto: Divulgação/MPGO)
(foto: Divulgação/MPGO)
Operação Arca de Noé ainda fechou empresas ilegais de jogo do bichoUma operação cumprida pela Polícia Civil e Ministério Público do Estado de Goiás cumpriu mandados de busca e apreensão, na manhã desta sexta-feira (10/7), em uma investigação que envolve um coronel da Polícia Militar do estado. A ação apura atos de improbidade administrativa do militar e cumpriu mandados na residência de um suposto bicheiro, que foi preso foi preso por posse ilegal de arma de fogo e teria ligação com o coronel.

Segundo apuração inicial, o policial usou, de forma indevida e ilegal, a estrutura da PM que comanda para benefício pessoal e econômico. Um dos usos analisados foi a escolta de uma carga de mais de três toneladas de insumos para alimentação de gado do município de São João da Aliança até a própria fazenda.

O MP aponta ainda a participação de um chefe do jogo do bicho da região naquele transporte, um homem que, segundo a apuração do ministério, mantém negócios com o coronel da PM. Com ele, os policiais encontraram arma de fogo e o prenderam em flagrante.

[SAIBAMAIS]Também foram descobertas e fechadas oito bancas de jogo do bicho com apreensão de materiais da jogatina. ;Caso sejam condenados pela prática de improbidade administrativa, os envolvidos estão sujeitos a perda do cargo público, suspensão dos direitos políticos e pagamento de multa. As investigações terão prosseguimento para identificar outros envolvidos no esquema;, divulgou o MP-GO, em nota.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação