Cidades

Desaparecimento de servidor do Ministério da Agricultura completa 10 dias

Polícia Civil de Goiás ainda não tem pistas do servidor público

Jaqueline Fonseca
postado em 10/07/2020 22:19
 (foto: reprodução )
(foto: reprodução )
Polícia Civil de Goiás ainda não tem pistas do servidor públicoLázaro Rosa Franco, de 29 anos, servidor público do Ministério da Agricultura (MAPA) está desaparecido 10 dez dias. Nesta sexta-feira (10/7) a família atualizou o cartaz que está sendo distribuído em ruas de Valparaíso de Goiás e compartilhado nas redes sociais. A família incluiu imagens das tatuagens do jovem para ajudar a identificá-lo.

Segundo a mãe de Lázaro, Cyntha Rosa, amigos e parentes estão se organizando e ajudando a procurar. O servidor público tem duas tatuagens: um coração em chamas no antebraço direito e dois olhos de gato no braço esquerdo. Ele saiu da casa dos pais no dia 30 de julho usando calça jeans e camisa preta. Câmeras de segurança de vizinhos mostram o momento em que Lázaro sai da casa dos pais, no bairro Cidade Jardins, em Valparaíso de Goiás.

Segundo a família, Lázaro tem depressão e terminou um relacionamento recentemente, quando saiu de Águas Claras e voltou para a casa dos pais. A Polícia Civil do estado de Goiás continua investigando o caso, mas de acordo com a delegacia responsável pelo caso em Valparaíso não há informações. Eles continuam em busca de Lázaro ou de informações que levem até ele.

Qualquer informação pode ser repassada pelo telefone 197.
Polícia Civil de Goiás ainda não tem pistas do servidor público

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação