Cidades

Flamengo e BRB vão lançar banco digital na semana que vem

Contrato firmado no valor de R$ 32 milhões prevê a criação de uma instituição bancária digital, além da divisão de lucros entre a empresa e o time carioca

Jéssica Eufrásio
postado em 13/07/2020 18:01
Contrato firmado no valor de R$ 32 milhões prevê a criação de uma instituição bancária digital, além da divisão de lucros entre a empresa e o time cariocaApós o fechamento de um contrato no valor de R$ 32 milhões, o Banco de Brasília (BRB) e o Clube de Regatas do Flamengo lançam, na semana que vem, o primeiro produto da parceria. O sistema digital seria divulgado nesta quarta-feira (15/7), mas foi adiado por mais alguns dias. Em entrevista ao programa CB.Poder ; parceria entre o Correio e a TV Brasília ; nesta segunda-feira (13/7), o presidente da instituição financeira, Paulo Henrique Costa, anunciou novo prazo.

Costa afirmou que o acordo decorre da necessidade de o banco se posicionar no mundo digital e que a oportunidade permitirá ao BRB crescer no país inteiro. ;Nosso plano de negócios aponta para a geração de R$ 600 milhões de resultados. É um contrato diferente, de parceria. A previsão é de construção de uma empresa que vai superar de R$ 1 bilhão a R$ 1,5 bilhão em valor de mercado em cinco anos;, calculou Paulo Henrique.

[SAIBAMAIS]O presidente do BRB disse que os resultados serão observados após o lançamento do banco digital. Ele lembrou que um dos objetivos da parceria é ter acesso à base de torcedores do clube carioca. ;Vamos trabalhar muito para vender produtos bancários, de seguridade, de investimento, meios de pagamento e relacionamento. Nosso foco é, de fato, conseguir gerar uma base de clientes que se aproxime de 1,5 milhão ao longo desses cinco anos (de contrato);, acrescentou.

Sobre a possibilidade de, eventualmente, apoiar outros times, Paulo Henrique Costa disse chegou a ser procurado por outros representantes. Em nome de clubes paulistas, alguns buscaram o banco brasiliense para saber sobre o modelo adotado com o Flamengo. ;O BRB passa a ser visto como referência para alguns tipos de negócio. Com o lançamento desse banco digital, o BRB vai mudar de patamar, vai crescer sua base de clientes e, logo, logo, esse banco digital pode ser maior que nosso banco tradicional;, comentou.


Paulo Henrique mencionou que o banco é o maior patrocinador do esporte do Distrito Federal e que uma plataforma direcionada ao futebol brasiliense está em fase de criação. Ela será lançada em breve, segundo ele. ;Estamos na reta final da construção e teremos boas notícias;, completou o presidente.

Assista à entrevista:

[VIDEO1]

*Colaborou Celimar de Menses, estagiário sob supervisão de Humberto Rezende.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação