Cidades

Receita fiscaliza empresas que sonegaram R$ 49 milhões no DF

Operação Dados Reais constatou fraude em 16 endereços. Agentes estiveram na Cidade Estrutural, Ceilândia, Vicente Pires, Sobradinho, Paranoá, Taguatinga, Samambaia, Recanto das Emas, e Gama

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 19/07/2020 10:35
Agentes constataram incompatibilidade de endereços informados Uma operação da Receita do Distrito Federal para checar a veracidade de informações cadastrais de empresas identificou irregularidades em 16 estabelecimentos, dos 24 apurados, implicando em sonegação de R$ 49 milhões.
Agentes estiveram em endereços na Cidade Estrutural, Ceilândia, Vicente Pires, Sobradinho, Paranoá, Taguatinga, Samambaia, Recanto das Emas, e Gama. Ao todo, 10 empresas haviam informado endereço inexistente nas declarações. Elas terão inscrição cancelada.
Outras seis deram endereços comerciais, onde não acontecia atividade do tipo. Elas terão a inscrição estadual suspensa. Sem isso, as empresas não podem emitir ou receber notas fiscais. Outras oito estão sob investigação da Receita.
De acordo com a Receita, os locais estavam registrados nos segmentos de grãos, alimentos, materiais de construção, e informática. Todos já eram monitorados por apresentar indícios de sonegação de impostos.
A suspeita de fraude surge a partir da análise de dados das emissões de notas fiscais eletrônicas. Ao constatar desvios de padrão , como empresas que só compram ou só vendem produtos, além da incompatibilidade de endereço, é possível confirmar o crime. No primeiro semestre, 10 empresas tiveram inscrições estaduais canceladas
*Com informações da Secretaria de Economia

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação