Cidades

Trânsito em Taguatinga vai passar por mudanças a partir dessa quinta; veja

O trajeto do transporte público também sofrerá com desvios: construção de túnel é responsável pelas mudanças no trânsito

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 20/07/2020 14:25
Tesourinha do viaduto central receberá os motoristas que farão o desvio após a Avenida das Palmeiras em direção à EPTGOs motoristas brasilienses que passam em Taguatinga vão precisar ficar mais atentos a partir desta quinta-feira (23/7): o trânsito da cidade vai ter desvios. A principal mudança acontecerá na interdição da Avenida Central para os carros que circulam no sentido Sol Nascente para o Plano Piloto. Os condutores precisarão usar rotas alternativas nas Avenidas Samdu e Palmeiras, além do Pistão Norte, antes de retomarem a Estrada Parque Taguatinga. Não haverá mudanças no trajeto sentido Ceilândia.

Na questão do transporte público, a mudança vai ser apenas para os ônibus que vão no sentido Plano Piloto. O bloqueio vai começar no cruzamento da Avenida Central com a Avenida Comercial, até o viaduto do Pistão, na chegada da EPTG. A pista do lado da Praça do Relógio, indo em direção a Ceilândia, não será bloqueada. Dessa forma, o trânsito será interditado somente para os veículos que transitarem na direção bairro-centro, vindo das Avenidas Elmo Serejo, Samdu Sul ou Comercial Norte em direção a EPTG e ao viaduto do Pistão.

Com o trânsito interditado, os ônibus que vêm pela Elmo Serejo ou pela Samdu Sul e entram na Avenida Central de Taguatinga, em direção ao Plano Piloto, Águas Claras, Guará, irão fazer um desvio no viaduto da Samdu e seguir por um trecho da Samdu Norte até a Avenida das Palmeiras, indo de lá até o Pistão Norte, onde também poderão acessar a EPTG. Os ônibus que descerem pela Comercial Norte de Taguatinga, na direção bairro-centro, também deverão entrar pela Avenida das Palmeiras e seguir o mesmo trajeto.

Os usuários do transporte público coletivo devem ficar atentos.Os passageiros que costumam embarcar no trecho que será interditado, no sentido Plano Piloto, deverão ficar nas paradas que a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) instalou na Avenida das Palmeiras.

Esses novos trajetos ocorrem devido a uma obra que vai viablizar um túnel que tem a pretensão de desafogar o trânsito para os mais de 135 mil veículos que circulam pela região. A atual Avenida Central se transformará em um boulevard arborizado que vai oferecer uma paisagem para a população, com foco nas pessoas e no comércio da região. Além do paisagismo, as calçadas e estacionamentos serão revitalizados.

;Com a conclusão da obra, os carros que estiverem na Avenida Elmo Serejo, sentido Plano Piloto, vão mergulhar pelo túnel e sair na Estrada Parque Taguatinga (EPTG);, explica o engenheiro Ricardo Terenzi, subsecretário de acompanhamento e fiscalização de obras da secretaria.

Obras


[SAIBAMAIS]As obras começaram em maio, quando a via que dá acesso à EPTG pelo Pistão Norte foi alargada e ganhou mais uma faixa. A etapa seguinte se concentrou na Avenida das Palmeiras.

As ações dos desvios incluiemtambém terraplanagem, pavimentação, instalação de sinalização de trânsito horizontal e vertical, limpeza de camada vegetal e supressão arbórea em trechos do Pistão Norte, da Avenida das Palmeiras e no acesso à Avenida Samdu Norte.

O túnel


O consórcio Novo Túnel é responsável por executar as obras. Os recursos são provenientes de contrato de financiamento firmado pelo GDF com a Caixa Econômica Federal. O investimento é de R$ 275,7 milhões e previsão de entrega para fevereiro de 2022

O fluxo de veículos vai concentrar transporte público (como o BRT) de moradores e frequentadores da região central da cidade. A previsão é de que Taguatinga ganhe um centro ainda mais vibrante e moderno, com consequente valorização imobiliária e comercial.

O Túnel de Taguatinga faz parte do Corredor Eixo-Oeste que terá 38,7 quilômetros de extensão, e vai ligar o Sol Nascente ao Plano Piloto, passando por Taguatinga. O Eixo Oeste beneficiará diretamente a população do Plano Piloto e regiões administrativas de Sol Nascente, Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Águas Claras, Vicente Pires e Guará. Também serão contempladas, indiretamente, as regiões de Brazlândia e de Águas Lindas (GO).

Com informações da Agência Brasília


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação