Cidades

DF sem Miséria: veja se você tem direito e saiba como sacar o auxílio

O auxílio, pago mensalmente, é um complemento ao Bolsa Família. O pagamento é realizado de acordo com o último número do NIS. No DF, são mais de 59,6 mil famílias beneficiadas

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 20/07/2020 21:31
EstruturalComeçou a ser paga nesta segunda-feira (20/7) a parcela de julho do programa DF Sem Miséria. São 59.629 famílias em situação de vulnerabilidade social beneficiárias, que receberão, ao todo, R$ 8.205.660.
O auxílio é um adicional ao programa Bolsa Família, do governo federal, que tem como objetivo de adequar os valores recebidos ao custo de vida na capital federal. Têm direito as famílias residentes no DF que, após o receber os benefícios de transferência de renda, apresentarem renda per capita inferior a R$ 140. É preciso ainda serem inscritas no Cadastro Único.
Os valores suplementados podem variar de R$ 20 a R$ 960, conforme composição e renda de cada família, até que a renda familiar, somada aos valores recebidos pelo Bolsa Família, alcance os R$ 140 per capita.
O benefício distrital é pago mensalmente, seguindo o calendário nacional do Bolsa Família. O pagamento é realizado de acordo com o último número do NIS (Número de Identificação Social) impresso no Cartão Bolsa Família.

;Trabalhamos junto com a Caixa Econômica para que o benefício fosse pago neste mês de forma regular, seguindo calendário anual, para que as famílias não ficassem ainda mais em risco social neste período de pandemia;, explicou a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha. A pasta é responsável pela operacionalização do programa de transferência de renda no DF.

Como sacar o auxílio

Após a liberação da parcela, o benefício fica disponível para saque por 90 dias. Depois desse prazo, ele é devolvido aos cofres públicos. Durante a pandemia, quem recebe o Bolsa Família está recebendo o Auxílio Emergencial do governo federal de R$ 600 em substituição ao benefício, desde que seja mais vantajoso.
Os saques do DF sem Miséria devem ser feitos com o cartão do Bolsa Família ou Cartão Cidadão, preferencialmente, em caixas eletrônicos. Os beneficiários que não têm nenhum dos dois podem sacar nas agências da Caixa Econômica Federal, e precisam apresentar Carteira de Identidade (RG) e CPF originais.

Como medida de prevenção às infecções pelo coronavírus, a orientação é para que, caso a pessoa precise ir a uma agência, vá sozinha. Antes, porém, é importante confirmar se o benefício está liberado, pelo telefone 0800-707-2003 (ligação gratuita) ou pelo site do programa.

Qualquer informação do Cadastro Único ; código familiar, Número de Identificação Social (NIS), renda per capita, e afins ; de cada família também pode ser consultada por meio do telefone acima; pelo site do CadÚnico; ou pelo aplicativo Meu CadÚnico, disponível para os sistemas Android e iOS.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação