Cidades

Cidades com mais casos de covid-19 amanhecem com cruzes em ato simbólico

Um dos pontos do ato pacífico foi a Avenida Elmo Serejo, em Taguatinga, segunda cidade com mais mortes em decorrência do novo coronavírus

Alan Rios
postado em 21/07/2020 10:33
Manifestantes pedem por mais rigor em medidas de combateAs regiões administrativas com mais casos confirmados e óbitos em decorrência do novo coronavírus amanheceram com cruzes e faixas de protestos nesta terça-feira (21/7). O ato simbólico foi organizado por um grupo composto de professores, estudantes e moradores dessas cidades, que criticam a flexibilização do isolamento social.

;O objetivo da ação é mostrar para a população que a política de abrir tudo, como bares, restaurantes e escolas, é equivocada. Só o isolamento social pode salvar vidas;, declarou Leda Gonçalves, moradora de Taguatinga. Ontem, o Distrito Federal ultrapassou o número de mil mortes provocadas pela doença entre habitamtes da capital.

Um dos principais pontos de manifestação foi a Avenida Elmo Serejo, em Taguatinga. A região é a terceira com mais casos confirmados de covid-19, com 5.868 pessoas infectadas, e a segunda com mais óbitos, com 101 mortes.

Ceilândia, que segue como a cidade com mais contaminações e óbitos ; 10.724 e 232, respectivamente ;, também recebeu a instalação de cruzes pelos protestantes. A ação ocorreu ainda em Samambaia, Recanto das Emas, Águas Claras e Brazlândia.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação