Cidades

Adilson Péres, advogado, 74 anos

postado em 22/07/2020 04:19
O pioneiro fundou o time de futebol Ceub Esporte Clube
O advogado e ex-diretor administrativo do Centro Universitário de Brasília (UniCeub) Adilson Péres, 74 anos, morreu, na madrugada de ontem, devido a uma parada cardíaca, em casa. Segundo familiares, ele chegou a ser atendido por uma equipe médica, mas não resistiu. Filho de Alberto Péres, um dos fundadores do UniCeub, Adilson deixa seis filhos e a mulher, Thamis Peres, com quem foi casado por mais de 30 anos. Ele será cremado hoje, por volta das 15h, em Valparaíso (GO). ;Era uma pessoa que estava sempre vendo na frente, alguém perseverante, que colocava uma ideia na cabeça e não desistia de forma nenhuma;, relata o primo Jésus Péres, 74. ;Foi assim que ele decidiu fundar o Ceub Esporte Clube;, acrescenta. Adilson era presidente do clube de futebol com sede em Brasília. As atividades de futebol tiveram início em 1968 e encerraram-se em 1976.

A facilidade em fazer amigos mostrava-se como outra característica de Adilson. ;Era uma pessoa muito carinhosa, atenciosa com os parentes e com as amizades. Éramos amigos de muito tempo, meu companheiro de longa jornada. Nós estudamos juntos, servimos ao Exército, jogávamos futebol e, posteriormente, fundamos o Ceub Esporte Clube. No último contato que tivemos, estávamos planejando um encontro futuro, pós-pandemia. Infelizmente, ficou apenas na ideia;, lamentou Jésus.

O jornalista Dalmo Péres conta que, além de primo, Adilson era alguém que admirava. ;Foi uma pessoa que marcou a minha vida profissional, enquanto eu estava trabalhando como diretor da Faculdade de Comunicação do Ceub. O seu entusiasmo, a sua experiência e a sua facilidade de conquistar amigos me cativou muito durante os 15 anos em que trabalhamos no Ceub, não só como primo, mas também como grande admirador do futebol;, afirmou.

Nascido em Pouso Alegre, no interior de Minas Gerais, Adilson mudou-se para a capital em 1959, com a família. Na capital, atuou como diretor administrativo do UniCeub e como advogado por mais de 35 anos. Ele faria 75 anos em outubro.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação