Cidades

Apicultores retiram enxame de abelhas africanas do Parque da Cidade

As abelhas serão levadas para um apiário no Gama. Um enxame atacou uma família no fim de semana e causou a morte de um cachorro

Samara Schwingel
postado em 22/07/2020 09:54
Até o momento, o enxame do estacionamento 7 será o único que será retirado do parqueApicultores retiraram um enxame de abelhas africanas no estacionamento 7 do Parque da Cidade. A ação foi feita nesta quarta-feira (22/7), três dias após os insetos atacarem uma família que passeava pelo local e causarem a morte de um cachorro.

A equipe chegou por volta das 8h30. A operação foi feita por uma apicultora que retirou, no total, oito favos da colmeia. Um outro profissional estava acompanhando o processo. Eles estabeleceram um perímetro de segurança, pois, no período matutino, as abelhas costumam ser agressivas. Porém, como o parque não estava cheio, a retirada ocorreu de forma tranquila.

Até o momento, o enxame do estacionamento 7 será o único que será retirado do parque. As abelhas serão levadas para um apiário no Gama, onde serão tratadas para, então, gerarem mel.

[SAIBAMAIS]Segundo o apicultor Luís Lustosa, a abelha africana é agressiva, mas só ataca quando se sente ameaçada. Luís também é presidente da Associação dos Meliponicultores do Distrito Federal (AMeDF) e afirma que o mel retirado durante a operação desta quarta-feira não é próprio para consumo. ;Como não sabemos a procedência do material, o mel ficará com as donas, as próprias abelhas.;

Relembre o caso

No último domingo (19/7), a advogada Luana Vieira foi passear no estacionamento 6 do Parque da Cidade com a mãe, 72 anos, e os dois cachorros. Durante o momento de descanso, eles foram atacados pelas abelhas.

Luana relatou ao Correio que ela e a mãe ficaram muito feridas, assim como os pets. Os cachorros chegaram a ser levados ao veterinário, mas um deles não resistiu e morreu nesta segunda-feira (20/7).

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) informou que recebeu um chamado sobre o enxame de abelhas no Parque da Cidade às 10h26 de domingo. Quando chegaram ao local, verificaram que os insetos não ofereciam mais riscos à população.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação