Cidades

Fim de semana é de aglomeração, mesmo com 96 mil casos de covid-19

O Correio registrou diversas pessoas em espaços públicos do DF desrespeitarem o distanciamento social ou o uso de máscaras. Fiscais autuaram 107 pessoas

Samara Schwingel
postado em 26/07/2020 19:34
Vários brasilienses desrespeitaram as medidas de segurança no fim de semanaNo mesmo dia em que o número de casos da covid-19 ultrapassa 96 mil no Distrito Federal, alguns brasilienses geraram aglomerações em espaços públicos da capital.
Neste domingo (26/7), a Ponte JK e a orla do Lago Paranoá estavam cheias e diversas pessoas foram flagradas desrespeitando o distanciamento social ou sem utilizar máscaras de proteção ; item obrigatório no DF desde 11 de maio.

O Correio registrou imagens da situação. Nas fotos, é possível observar as pessoas muito próximas umas das outras e sem equipamento de proteção.

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Estado e Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal) informou que, neste domingo, agentes do órgão fiscalizaram feiras, como a dos Goianos, a dos Importados, a de Samambaia e a da Estrutural. O Eixão, a W3 Sul e o "Domingo da Gente", no Paranoá, também foram fiscalizados.

Os agentes observam o cumprimento das medidas de segurança sanitária e o uso obrigatório da máscara. Durante o fim de semana, 107 pessoas foram autuadas pela falta do equipamento de proteção.

Evento gera aglomeração

No sábado (25/7), pessoas se reuniram em lanchas na orla do Lago Paranoá para acompanharem shows do evento Na Praia. A atração principal era a dupla Jorge e Mateus.

Após inspecionar o evento, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) recomendou que o Na Praia fosse interditado por não respeitar as normas de distanciamento social, além de não ter licença para ocorrer.
O pedido foi encaminhado ao DF Legal, que acionou equipes de fiscalização do órgão, da PMDF (Batalhão Lacustre) e da Marinha do Brasil, a fim de interditar o evento e dispersar as embarcações ancoradas em frente ao hotel que sedia o evento.

Em nota, a organização do Na Praia informou ter ciência do documento que recebeu do MPDFT para a vistoria durante a live, "sem ter sido autuado na ocasião".

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação