Cidades

Covid-19: DF chega a 100 mil casos e mortes passam de 1,2 mil

O Distrito Federal alcançou, nesta terça-feira (28/7), a marca de 100 mil infectados pela covid-19. Desse total, 83.310 se recuperaram

Mariana Niederauer, Tainá Seixas
postado em 28/07/2020 18:17
O Distrito Federal alcançou, nesta terça-feira (28/7), a marca de 100 mil infectados pela covid-19. Desse total, 83.310 se recuperaramO Distrito Federal alcançou, nesta terça-feira (28/7), a marca de 100 mil infectados pela covid-19. Desse total, mais de 1,2 mil moradores da capital morreram em decorrência de complicações causadas pela doença, outros 83.310 se recuperaram. Os casos ativos, portanto, passam de 16 mil.
Os dados são do mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do DF. Às 1.266 mortes de moradores do DF se juntam outras 125 de habitantes de diferentes unidades da Federação que morreram em hospitais da capital. A maior parte (119) é do Entorno.
[VIDEO1]Apenas nesta terça, foram registradas 52 mortes, ocorridas desde 14 de julho. Dessas, 42 apresentavam comorbidades. A maioria das vítimas morreu no domingo (26/7): 17 no total. Treze delas eram moradores de Ceilândia e duas do Sol Nascente.
Ceilândia é a região com maior número de casos, são 12.626 infectados; seguida do Plano Piloto, com 7.961; Taguatinga, com 7.162; e Samambaia, com 6.496.


DF atravessa o pico de casos

Pesquisadores e autoridades sanitárias do DF afirmam que a capital enfrenta o pico de casos e está próxima de uma estabilização - o chamado platô. Apesar disso, é importante ressaltar que em função do ciclo da doença, a capital do país ainda precisa se preparar para enfrentar dois pontos cruciais: o pico da hospitalização e o pico no número de mortes por semana.
Estudo divulgado recentemente mostrou que as medidas de isolamento social e o uso de máscaras, precauções adotadas há meses no DF, podem ajudar não só a diminuir o número de infecções, mas também a gravidade delas caso ocorram, devido à carga viral a que organismo é exposto.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação