Cidades

GDF recolhe 650 toneladas de cinco lixões irregulares em Taguatinga

Peso equivale a 433 veículos populares. Nas áreas desativadas foram instaladas barreiras feitas com pneu e manilhas para dificultar o acesso

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 29/07/2020 14:37
Nos locais, carroceiros e carros particulares despejavam entulho de obras, móveis velhos e restos de podaO Governo do Distrito Federal (GDF) completou atividade de desativação de cinco lixões irregulares em Taguatinga, nesta terça-feira (28/7). A ação acontece desde a semana passada e recolheu 650 toneladas de entulhos antigos nas áreas, peso equivalente a 433 veículos populares.

Em parceria com a Administração Regional da região e com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o programa do polo Oeste GDF Presente trabalhou na desativação dos locais e na retirada do material. Três dos lixões ficavam em Taguatinga Norte, nas quadras QNM 42, QNM 38 e QNH 4. Os demais estavam em uma área atrás do prédio do Detran, na QNL, próximo ao Setor de Indústrias Gráficas e na QSE 16, em Taguatinga Sul.

[SAIBAMAIS]O GDF Presente foi acionado para a desativação permanente dos lixões irregulares, após denúncias de moradores por meio da Ouvidoria do governo. Nos locais, carroceiros e carros particulares despejavam entulho de obras, móveis velhos e restos de poda.

Para evitar novos descartes ilegais foram instaladas barreiras feitas com pneus e manilhas para dificultar o acesso de veículos. Os terrenos também foram preparados para serem utilizados pelos moradores, como por exemplo na na QNM 38, onde recebeu reforço de asfalto para pista de aeromodelismo. Em outros foram implantadas quadras de areia e de terra batida.

Com informações da Agência Brasília

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação