Cidades

DF tem 106 mil casos de covid-19, com 90 mil recuperados e 1480 óbitos

Números do novo boletim da Secretaria de Saúde mostram mais 532 casos de infecção e oito óbitos entre a noite de sexta-feira e a começo de tarde de sábado

Alan Rios
postado em 01/08/2020 12:47
 (foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
(foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
Taxa de letalidade passa de 1,2% para 1,4% durante o pico da doençaMais 532 pessoas foram diagnosticadas com o novo coronavírus e oito morreram em decorrência da doença no Distrito Federal, entre o boletim da Secretaria de Saúde das 18h de sexta-feira (31/7) e a atualização das 12h deste sábado (1/8).

Ao todo, a capital concentra agora 106.824 casos de covid-19, sendo que 14.934 pacientes carregam o vírus ativo e 90.408 pessoas estão recuperadas. Entre os que não sobreviveram à doença, o DF registra 1.480 óbitos na região, sendo que 1.341 são de moradores e 139 são de habitantes de outra unidade da federação que estavam em tratamento na capital.

A taxa de letalidade da doença, ou seja, a quantidade de pessoas que morrem entre as que são infectadas, continua como uma das mais baixas do país, mas apresenta um ligeiro crescimento neste começo de agosto. No começo de julho, ela estava entre 1,2 e 1,3%, número que chegou a 1,4% nos últimos dias.

Gênero

As mulheres fazem parte da porcentagem mais contaminada pelo coronavírus, com 52,9% delas entre os infectados, mas os homens são mais sensíveis à doença, representando 58,6% das mortes.

As doenças preexistentes fazem parte dos fatores que contribuem para a gravidade do caso. De todos os óbitos no DF, 1.504 eram de pessoas com enfermidades cardíacas ou metabólicas, como diabetes ou hipertensão.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação