Cidades

Segurança Pública inicia operações no DF para manter reduções de crimes

Ações estratégicas são definidas com base nos relatórios das Subsecretarias de Inteligência (SI) e de Gestão da Informação (SGI), e acontecem em locais, dias e horários com mais incidência de crimes no DF

Alan Rios
postado em 01/08/2020 15:37
Operação é de caráter permanente e busca combater criminalidade com ações estratégicasA Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF) deu início a uma operação integrada de combate à criminalidade no Distrito Federal. As ações têm como base levantamentos das Subsecretarias de Inteligência (SI) e de Gestão da Informação (SGI), que mapeiam locais, dias e horários de maior incidência de crimes.

A operação 5; Mandamento ; nome que faz referência ao mandamento bíblico ;não matarás; ; começou na última sexta-feira (31/7) e será intensificada neste e nos próximos fins de semana, com o objetivo de manter os baixos índices de violência do DF durante os últimos meses. Em março, durante o período de isolamento social, por exemplo, a capital teve registros menores de crimes como homicídio, tentativa de homicídio, tentativa de latrocínio e roubo a transeunte, em comparação com o mesmo período do ano passado.

A ação integra forças de segurança e realiza trabalhos em conjunto entre as Polícias Civil e Militar, o Departamento de Trânsito (Detran) e Corpo de Bombeiros, por exemplo. Nessa sexta-feira, as equipes foram à Samambaia e Ceilândia, onde realizaram cerca de 230 abordagens, vistoriaram 15 estabelecimentos em conjunto com o DF Legal, identificaram um foragido da Justiça e abordaram 77 veículos.

;A 5; Mandamento faz parte de uma série de ações estratégicas da SSP/DF para manter o índice de redução de crimes conquistados no primeiro semestre deste ano. Para isso, planejamos ações cirúrgicas, definidas com base em levantamento das Subsecretarias de Inteligência (SI) e de Gestão da Informação (SGI), que mapearam locais, dias e horários e locais de maior incidência de cada crime. A coordenação é feita pela Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi);, explicou o secretário de Segurança Pública, delegado Anderson Torres.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação