Cidades

PM aposentado é preso acusado de maltratar cachorros no Guará

Os denunciantes informaram à polícia que os animais choravam muito e relataram ouvir barulhos de agressões aos cães, além de sentir mau cheiro no apartamento

Darcianne Diogo
postado em 02/08/2020 20:00

No imóvel, havia várias fezes dos animais, que estavam recolhidas em um saco plásticoApós o recebimento de denúncias anônimas, agentes da 4; Delegacia de Polícia (Guará) prenderam, na tarde deste domingo (2/8), um policial militar por crimes de maus-tratos contra dois cachorros, na QI 31 da região administrativa.

Os denunciantes informaram à polícia que os animais choravam muito e relataram ouvir barulhos de agressões aos cães, além de sentir mau cheiro do local. Os agentes foram até o endereço e constataram que o militar tinha dois cachorros no apartamento. No imóvel, havia várias fezes dos animais, que estavam recolhidas em um saco plástico. Segundo investigações, ao ser informado que os vizinhos acionaram a polícia, o suspeito recolheu as fezes momentos antes da abordagem policial.

De acordo com informações da PCDF, os animais não apresentavam sinais de maus-tratos, mas diante das denúncias apresentadas e das condições encontradas no imóvel (bagunça, mau cheiro, sujeira), o militar foi conduzido à 4; DP e autuado pelo crime de maus-tratos à animais. Ele assinou um termo de compromisso de comparecimento em juízo e foi liberado.

A posse dos animais também foi mantida ao suspeito, sob o compromisso de criá-los em melhores condições. Em depoimento, o policial afirmou que havia ganhado os animais em junho de um amigo. Questionado sobre as condições que foram constatadas no apartamento, o acusado permaneceu calado. Caso condenado, ele está sujeito a uma pena de 3 meses a 1 ano de prisão.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação