Publicidade

Correio Braziliense

Eclipse solar na Ásia é o mais longo do século


postado em 21/07/2009 23:32 / atualizado em 21/07/2009 23:41

Imagem do eclipse em Nova Délhi (Índia)(foto: B Mathur/Reuters)
Imagem do eclipse em Nova Délhi (Índia) (foto: B Mathur/Reuters)
O mais longo eclipse solar total do século 21 avançava nesta quarta-feira pela Ásia, passando por Índia e China, os dois países mais povoados do planeta.

Até dois bilhões de pessoas poderão observar diretamente este "enorme" eclipse do Sol, um recorde na história da humanidade, segundo os astrofísicos.

A partir da 00h30 GMT (21h30 de Brasília), a escuridão voltava a uma faixa de 15 mil km de comprimento por 258 km de largura, atravessando a Índia de oeste a leste, chegando ao Nepal, Butão, Bangladesh, Myanmar, China e às ilhas meridionais japonesas.

O eclipse chegou ao sudoeste da China a partir das 9h local (22h de Brasília), e a província de Sichuan foi a primeira a ter o fenômeno visível, e bem visível, segundo imagens transmitidas pela TV estatal.

Em Xangai, que recebeu milhares de turistas nos últimos dias, o tempo encoberto não permitiu observar plenamente o eclipse.

O Sol ficará completamente encoberto pela Lua durante seis minutos e 39 segundos em uma região pouco habitada do Pacífico, um recorde que apenas será superado no ano de 2132.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade