Publicidade

Correio Braziliense FITNESS

Sedentários são mais propensos a enxaquecas e dor de cabeça


postado em 24/02/2010 22:38 / atualizado em 24/02/2010 22:45

Uma recente pesquisa realizada por neurologistas das universidade federais de Santa Catarina e São Paulo avaliou a relação da incidência de dores de cabeça entre os brasileiros e seus hábitos. Segunda a pesquisa, há influência da prática de exercícios nesse cenário.

O trabalho ouviu 3 848 pessoas escolhidas aleatoriamente, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 79 anos, em todo o país. Os sedentários apresentaram 43% mais enxaqueca e 100% mais cefaléia crônica, com crises diárias, do que os indivíduos que se exercitam.

A explicação para a ligação entre menor incidência de dor de cabeça e malhação está nos nossos neurônios. Os exercícios aumentam a produção de substâncias capazes de aliviar as dores e que proporcionam bem-estar. Outro benefício é a melhora na circulação sanguínea, que provoca um aumento da oxigenação cerebral.

Para aproveitar os benefícios das atividades físicas contra as dores de cabeça, prefira os exercícios aeróbicos, como a caminhada, a natação e a corrida de baixo impacto.É fundamental, também, alimentar-se bem antes e depois dos treinos. Respirar em um ritmo normal ao exercitar o corpo é igualmente recomendação importante.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade