Publicidade

Correio Braziliense

Extinção dos grandes herbívoros teria esfriado o planeta


postado em 23/05/2010 17:08 / atualizado em 23/05/2010 17:10

O rápido declive dos mamutes e de outros herbívoros, que ocorreu com a chegada dos agrupamentos humanos ao continente americano, poderia explicar o brutal esfriamento da superfície da Terra há 12.800 anos, revelou neste domingo um grupo de cientistas.

Há 13.400 anos, antes do homem caçar no continente americano, centenas de espécies de herbívoros povoavam a região, produzindo enormes quantidades de metano em seu processo digestivo.

O metano é um gás que provoca o efeito estufa, e segundo o trabalho publicado neste domingo na revista científica Nature Geoscience, o surgimento do período glacial há 12.700 anos, conhecido como Dryas, pode estar relacionado com a brusca redução destas emissões. A temperatura média caiu 7 graus centígrados na ocasião.

A extinção dos grandes herbívoros "teve profundos efeitos sobre as emissões de metano na atmosfera", o que pode ter provocado uma "mudança repentina do clima", segundo Felissa Smith, da Universidade do Novo México, em Albuquerque.

"Pensamos que a perda da megafauna pode explicar entre 12,5% e 100% da redução do metano observado", destacam os pesquisadores, que apontam a extinção dos grandes herbívoros como o "primeiro evento catastrófico atribuído à atividade humana".

Se isto for verdade, o Antropoceno - época em que o homem teve influência maior sobre o clima - não começou com a revolução industrial, há dois séculos, mas com a chegada em massa dos predadores bípedes à América, há 13.400 anos.

Os pesquisadores defendem então recuar a data do início do Antropoceno em 13 mil anos. Antes da intervenção do homem, os herbívoros pré-históricos americanos emitiam entre 2,3 e 25 milhões de toneladas de metano na atmosfera por ano, segundo estimativas baseadas nas emissões dos rumiantes atuais.

Os pesquisadores observaram uma queda repentina da concentração de metano na atmosfera de 180 ppbv (partes por bilhões por volume) na mesma época da extinção dos grandes herbívoros na América, no período glacial de Dryas.

Cada redução de 20 ppbv na concentração de metano corresponderia a uma queda de 1 grau na temperatura, segundo dados climáticos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade