Publicidade

Estado de Minas

Estudo questiona o uso de botox para tratar enxaqueca


postado em 09/02/2011 11:35

PARIS - O tratamento anti-rugas Botox, vendido em alguns países como tratamento para a enxaqueca crônica, tem na verdade efeito risível sobre as fortes dores de cabeça, afirma um estudo publicado nesta quarta-feira.

O Botox - uma neurotoxina obtida através do germe do botulismo - é usado para fins cosméticos ao paralisar os músculos que provocam as rugas.

No Reino Unido, nos Estados Unidos e em outros países, no entanto, também autorizaram sua utilização para aliviar enxaquecas crônicas, com a aplicação de injeções em 39 pontos da cabeça e do pescoço.

A publicação especializada britânica Drug and Therapeutics Bulletin, porém, afirma que os testes clínicos com o tratamento concluíram que o Botox apresenta "evidência limitada de benefícios" contra as dores de cabeça.

Entre 1% e 10% dos voluntários que receberam as injeções de Botox descreveram efeitos colaterais dolorosos ou desconfortáveis, incluindo espasmos musculares, coceiras e urticária.

O estudo indica ainda que é impossível determinar se o uso do Botox traz outros riscos, incluindo infecção provocada por uma proteína conhecida como albumina serum humano, que faz parte da fórmula do medicamento.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade