Publicidade

Estado de Minas

Leia mais sobre a extinção dos dinossauros na Terra


postado em 24/09/2011 08:00

 

 

  Durante cerca de 160 milhões de anos, os grandes donos da Terra foram os dinossauros. No entanto, algum evento ocorrido há aproximadamente 65 milhões de anos mudou essa história. A teoria mais aceita para explicar a extinção dos dinossauros está ligada à queda de um meteoro de 14km de diâmetro que atingiu península de Yucatán, no México. O impacto abriu uma cratera de 180km.
No entanto, segundo a teoria, não foi a queda em si que causou o desaparecimento dos dinos, que no período já estavam espalhados pelo mundo, nos ambientes aquáticos, terrestres e aéreos. São as consequências da batida do meteorito que explicam a morte dos grandes répteis. Em um primeiro momento, o choque gerou um impacto tão forte que modificou o eixo de rotação da Terra, alterando as condições climáticas no planeta.
Em seguida, a poeira produzida criou uma espessa camada na atmosfera, impedindo a entrada de sol na Terra. Sem luz, os vegetais, que estão na base da cadeia alimentar, morreram, levando à morte dos animais, em especial aqueles que precisavam de grandes quantidades de alimento, como a maioria dos dinossauros. “Entretanto, ao contrário do que muita gente pensa, nem todos os dinossauros desapareceram”, conta o pesquisador Eduardo Eizirik. “Parte deles, que conseguiam voar, evoluíram, dando origem às aves”, completa o especialista.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade