Publicidade

Estado de Minas

Estudos mostram que neandertais eram mais inteligentes do que se imaginava


postado em 01/08/2012 08:00

Há 40 mil anos, no local em que hoje é a Alemanha, um caçador foi surpreendido quando tentava garantir o almoço. A Europa enfrentava um período de glaciação que escasseava os recursos. Com uma lança na mão, o musculoso homem vestido com peles grossas finalmente viu sua presa em uma caverna. Mas, antes que pudesse se apropriar dela, um grupo se aproximou. Eram pessoas extremamente parecidas com ele, porém mais altas e com feições menos brutas. Com técnicas e ferramentas avançadas, pegaram o animal ferido e mataram o inimigo.

O homicídio permaneceu escondido por camadas de calcário até que, no fim do século 19, o esqueleto foi encontrado na caverna de Neander Valley, dando início à corrida pelos ancestrais humanos. Feridas nos ossos permitiram aos paleontólogos, anos depois, concluir que o neandertal foi assassinado por uma nova leva humana que há 45 mil anos migrou para a Europa, exterminando os neandertais cinco mil anos depois.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade