Publicidade

Estado de Minas

Autoconsciência humana é um complexo processo difundido por todo o cérebro


postado em 02/09/2012 08:10

Os oráculos gregos já aconselhavam, centenas de anos antes de Cristo: “Conhece-te a ti mesmo”. Seguidores de filosofias e religiões ou adeptos de práticas como meditação e ioga, por exemplo, sempre correram atrás da autoconsciência, uma entidade abstrata que, há pouco tempo, também começou a despertar o interesse da ciência. Principalmente no campo neurológico, entender o que faz uma pessoa saber que tem uma identidade única pode trazer implicações para pacientes que sofreram danos cerebrais e, com isso, perderam a memória ou o autocontrole.

Um estudo publicado na revista científica Plos ONE indica que esse fenômeno está relacionado a diversos circuitos neuronais e não pode ser atribuído a regiões específicas. A mente, já descobriram os pesquisadores, não é um conceito abstrato, mas um processo fisiológico. Ainda assim, bem mais complexo do que se imaginava, difundindo-se por todo o cérebro, em vez de se concentrar em algumas poucas localidades, como proposto por outros estudos.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade