Publicidade

Correio Braziliense

Restos mortais de D. Pedro I são exumados para realização de pesquisa

A dissertação de mestrado busca conhecer com maior exatidão as caracterísiticas do herói da independência


postado em 19/02/2013 17:52 / atualizado em 19/02/2013 21:16

Restos mortais do Imperador Dom Pedro I(foto: Valter Diogo Muniz/Divulgação)
Restos mortais do Imperador Dom Pedro I (foto: Valter Diogo Muniz/Divulgação)


Uma pesquisa realizada pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo (USP) exumou os restos mortais de Dom Pedro I. A dissertação de mestrado de Valdirene do Carmo Ambiel busca investigar, por meio de constatações arqueológicas, a vida do imperador e suas duas esposas, D. Amélia e D. Leopoldina.

A pesquisa alia história, arqueologia e tecnologia e revela importantes detalhes sobre a vida do herói da independência. Valdirene espera conseguir detalhes mais precisos das características físicas de D. Pedro I e suas duas esposas.

Leia mais notícias em Ciência e Saúde

Confira amanhã na edição impressa do Correio Braziliense mais informações sobre a pesquisa e a exumação do corpo de D. Pedro I.

Com informações de Paloma Oliveto

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade