Publicidade

Estado de Minas

Estação mais fria do ano chega nesta sexta-feira e preocupa oftalmologistas

O período pode acentuar os riscos à visão e desencadear problemas como conjuntivite e catarata. O inverno começa na sexta-feira às 2h04


postado em 19/06/2013 09:15

Belo Horizonte - Às 2h04 desta sexta-feira (21/6), o inverno vai bater à porta dos brasileiros. Apesar da elegância das roupas, dos chocolates e da vontade de ficar embaixo das cobertas, a estação carrega a reboque perigos quase imperceptíveis. São os males que afetam a saúde ocular, como crises alérgicas e a síndrome do olho seco. Além disso, os dias nublados e frios servem como gatilho para a degeneração da retina e o envelhecimento dos olhos, acelerando, então, a velha conhecida catarata. Para os especialistas, o período exige cuidados imprescindíveis; caso contrário, a visão pode sofrer consequências graves, como, em casos extremos, a cegueira.

Leia mais notícias em Ciência&Saúde

Reconhecendo que os males não são causados pelo inverno, mas acentuados nessa estação mais fria, os oftalmologistas começam a se preparar para a corrida de pacientes aos consultórios. Quem sofre parece se lembrar da especialidade só agora. Isso porque, de acordo com pesquisa feita em 2012, pela Sociedade Brasileira de Glaucoma, 36% dos brasileiros adultos nunca foram a um oftalmologista. Mas é quando a temperatura cai que os olhos pedem socorro. “Durante o inverno, é preciso estar atento a dois problemas frequentes da visão: a síndrome do olho seco e a conjuntivite. Como a estação costuma ser mais fria e seca no Sul e no Sudeste, o problema é mais frequente nos estados dessas regiões”, alerta Renato Neves, cirurgião-oftalmologista e diretor do Hospital de Olhos Eye Care, em São Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade