Publicidade

Correio Braziliense

Flórida diz que quatro casos de zika devem ter vindo de mosquitos nos EUA

Mais de 1.650 casos de zika foram registrados até agora em Estados dos EUA e no Distrito de Colúmbia


postado em 29/07/2016 15:05

O governador da Flórida, Rick Scott, afirmou nesta sexta-feira (29/7) que quatro pessoas na área de Miami provavelmente são as primeiras a terem sido infectadas com zika por mosquitos no território dos Estados Unidos. Scott afirmou que nenhum mosquito na Flórida teve teste positivo para zika, mas o Departamento de Saúde estadual disse acreditar que há "transmissão ativa do zírus da zika" em uma área ao norte do centro de Miami.

Os pacientes, três homens e uma mulher, são todos casos "ativos" de zika, mas nenhum ficou doente o suficiente para precisar de hospitalização, segundo Scott. Os pacientes são dos condados Miami-Dade e Broward.

Leia mais em Ciência e Saúde

Mais de 1.650 casos de zika foram registrados até agora em Estados dos EUA e no Distrito de Colúmbia. Virtualmente todos eles, porém, ou eram de pessoas que pegaram a doença fora dos EUA ou que contraíram a enfermidade pelo contato sexual com alguém que viajou para uma área onde a doença está mais presente

Autoridades dos EUA previam contágios da doença sobretudo em Estados do sul, como Flórida e Texas, onde o mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença, é encontrado com mais frequência. Na quinta-feira, houve uma determinação para que os centros de saúde dos dois condados onde houve casos parassem de coletar sangue até que todos possam ser testados para zika.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade