Publicidade

Correio Braziliense

Arqueólogos acreditam ter encontrado o local de nascimento de São Pedro

De acordo com historiador, o local data de 30 d.C. e foi construído sobre as ruínas de Betsaida, um povoado de pescadores situado nas proximidades do Mar da Galileia onde São Pedro nasceu, segundo o Evangelho


postado em 07/08/2017 18:00 / atualizado em 07/08/2017 18:07

Praça de São Pedro, Vaticano(foto: Piotr Gaborek/CB/D.A Press)
Praça de São Pedro, Vaticano (foto: Piotr Gaborek/CB/D.A Press)

 
Arqueólogos israelenses acreditam ter encontrado o local de nascimento de São Pedro e outros dois apóstolos de Jesus Cristo, perto do Mar da Galileia, no norte de Israel, indicaram esses profissionais nesta segunda-feira (7/8). 
 
 
Mordehai Aviam, do Kinneret Institute for Galilean Archeaology, acredita ter encontrado vestígios da antiga cidade romana de Julias, após dois períodos de escavação finalizados recentemente, nos quais contou com o auxílio de outros dois colegas americanos.

De acordo com o historiador romano Flavius Josephus, o local data de 30 d.C. e foi construído sobre as ruínas de Betsaida, um povoado de pescadores situado nas proximidades do Mar da Galileia onde São Pedro nasceu, segundo o Evangelho. 

Dois outros apóstolos - Filipe e o irmão de Pedro, André - supostamente nasceram no mesmo local. 


Em um deles, os arqueólogos encontraram fragmentos de cerâmica, moedas e vestígios de um banheiro público, que "demonstram não se tratar de um pequeno povoado, mas sim de um local que poderia ser Julias", disse Aviam. 

"Considerando esses indícios, pensamos que esse sítio tem muitas chances de estar localizado em Betsaida", ressaltou. 

O lugar explorado, próximo ao local onde o rio Jordão desemboca, se encontra nas proximidades do Mar da Galileia, segundo um fotógrafo da AFP. No entanto, o nível da água na época era maior. 

Aviam se mostrou esperançoso diante da possibilidade de que novas escavações permitam trazer à tona evidências do período judaico anterior ao romano, visando confirmar suas suposições. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade