Publicidade

Correio Braziliense

Colômbia surpreende com descoberta de rã que soa como uma cabra

A nova espécie foi localizada no fértil vale médio do Magdalena, o principal rio da Colômbia, em florestas subandinas, selvas úmidas tropicais e floresta seca tropical


postado em 26/07/2018 06:42

(foto: Divulgação/Ministério do Meio Ambiente da Colômbia)
(foto: Divulgação/Ministério do Meio Ambiente da Colômbia)

 
Bogotá, Colômbia - Ela soa como um mamífero, mas é anfíbio. Cientistas descobriram nas selvas tropicais da Colômbia uma espécie de rã endêmica com ossos verdes, que tem um coaxar que lembra o berro de uma cabra.

O Instituto Humboldt, vinculado ao Ministério do Meio Ambiente colombiano, divulgou nesta quarta-feira (25/7) a mais recente descoberta no segundo país com maior biodiversidade do mundo, atrás do Brasil: a Scinax caprarius.

Este anfíbio deve seu nome "ao canto que emitem os machos desta espécie", que é "similar ao som das cabras", apontou o organismo em um comunicado. 

Esta pequena rã tem ossos verdes, tons café-avermelhado e dourado na parte superior do corpo, e costuma medir entre 28 e 31 milímetros.

A nova espécie foi localizada no fértil vale médio do Magdalena, o principal rio da Colômbia, em florestas subandinas, selvas úmidas tropicais e floresta seca tropical. 

Esta rã, de hábitos noturnos, é vista com frequência na época de chuvas.

Para a alegria dos cientistas, a Scinax caprarius é um anfíbio que abunda em habitats conservados, o que a exclui da lista de espécies ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), segundo o Instituto Humboldt.

Das 817 espécies de anfíbios documentadas na Colômbia, 56 estão criticamente ameaçadas, 89 em perigo e 85 em estado vulnerável, de acordo com as listas vermelhas da UICN.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade