Publicidade

Correio Braziliense

Prêmio inglês de fotografia revela imagens deslumbrantes da natureza

Museu de História Natural de Londres premia todos os anos as melhores imagens de vida selvagem feitas ao redor do mundo. Vencedor deste ano é fotógrafo holandês


postado em 23/10/2018 11:08 / atualizado em 23/10/2018 12:03

Ver galeria . 10 Fotos Grandes vencedores do prêmio Fotógrafo da vida selvagem do ano de 2018Marsel van Oosten, Holanda
Grandes vencedores do prêmio Fotógrafo da vida selvagem do ano de 2018 (foto: Marsel van Oosten, Holanda )

A fotografia de um casal de macacos-dourados (Rhinopithecus roxellana), em uma remota região da China — único local do mundo onde a espécie ameaçada de extinção pode ser encontrada —, rendeu ao fotógrafo holandês Marsel van Oosten um dos mais cobiçados prêmios de fotografia do mundo: o de Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano, concedido pelo Museu de História Natural de Londres.

Para fazer o registro, Van Oosten se aventurou pelas Montanhas Qinling até flagrar a dupla retratada em O casal dourado, nome que o holandês deu à foto, que venceu outras 45 mil imagens inscritas. O prêmio foi de 10 mil libras, um pouco menos que R$ 50 mil.

O museu também reconheceu o trabalho de outras dezenas de fotógrafos, premiando-os em 18 categorias, como Anfíbios e répteis, Comportamento de mamíferos, e Pássaros.

Alguns dos vencedores, você confere na galeria de fotos acima. Mas a visita ao site do prêmio, onde estão todas as fotografias selecionadas vale a pena. É um passeio pelo mundo selvagem de encher os olhos.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade