Publicidade

Correio Braziliense

Ao ir ao banheiro, homem puxa verme de 10 metros de dentro dele

Um tailandês de 44 anos contou que puxou o parasita do ânus após usar o banheiro


postado em 12/12/2019 07:50 / atualizado em 12/12/2019 15:58

As tênias são um tipo de parasita que vive nos intestinos de certos animais (foto: Wikipedia/Reprodução)
As tênias são um tipo de parasita que vive nos intestinos de certos animais (foto: Wikipedia/Reprodução)
O tailandês Kritsada Ratprachoom teve uma experiência extremamente desagradável ao usar o banheiro. O homem de 44 anos levou um susto ao perceber que, após defecar, algo continuava "ali". Ao puxar o que parecia ser um fio, acabou tirando de dentro dele um verme de aproximadamente 10 metros de comprimento.

"Tinha acabado de deixar meu filho na escola e fiz algumas tarefas, quando tive que ir ao banheiro", explicou Ratprachoom ao jornal britânico Metro UK. "Depois, senti como se não tivesse terminado de defecar, como se algo tivesse sobrado. Então me levantei para ver o que era. Acontece que havia algo saindo de mim", completou.
 
O fotógrafo freelancer pensou, inicialmente, que poderia ser algum fio cirúrgico de uma apendicectomia que havia feito na semana anterior. Mas ao começar a puxar, viu que era algo muito maior. Ao mostrar o ser para a namorada, que é auxiliar de enfermagem, veio o veredito: tratava-se de uma tênia.

Ratprachoom postou um vídeo que mostra o verme se mexendo sobre o vaso sanitário. Se você quiser ver a cena, basta visitar o perfil do Facebook do fotógrafo.

Parasitas no intestino 

As tênias são um tipo de parasita que vive nos intestinos de certos animais, que costumam ser infectados ao ter contato com água suja em pastos. Já nos humanos, a fonte de contaminação mais comum é por meio do consumo de  carne mal cozida. 

Esse tipo de parasita não causa muitos problemas de saúde. Mas deixa a pessoa infectada com mal estar, desde diarréia e dores de barriga até perda de peso e vômito. Se os vermes migrarem para outras partes do corpo, como cérebro e fígado, podem causar sérios danos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade