Publicidade

Correio Braziliense

Cirurgia ''conserta'' coluna de chinês que vivia com ''rosto nas coxas''

Diagnosticado com espondilite anquilosante, um homem vivia com o rosto colado às coxas, por conta da curvatura de sua coluna


postado em 16/12/2019 17:53 / atualizado em 16/12/2019 17:54

(foto: AsiaWire/Shenzhen University G)
(foto: AsiaWire/Shenzhen University G)
Um homem de 46 anos teve sua vida mudada após uma cirurgia realizada em sua coluna. O chinês Liu Hua, diagnosticado com espondilite anquilosante, uma doença que causa artrite inflamatória na coluna vertebral e articulações, em 1991, foi ficando cada vez mais corcunda por conta de fortes dores nas costas.

Nos últimos anos, a condição de Hua acabou piorando, deixando-o com o rosto colado às coxas, o que o estava impedindo o homem de fazer coisas simples como sentar, deitar e até mesmo se alimentar direito.

Segundo o portal britânico Metro, a família do homem, da cidade de Yongzhou, na província de Hunan, procurou ajuda, mas não tinha dinheiro para pagar a cirurgia. Médicos da província ainda recusaram a operar Hua em 2018, alegando que ele correria um alto risco de vida. 

No entanto, em maio deste ano, o professor Tao Hiuren que lidera o departamento de cirurgia da coluna vertebral e ortopedia do Hospital Geral da Universidade de Shenzhen, aceitou fazer a operação, mesmo com risco chegando ser até 30 vezes maior do que um procedimento em um paciente regular e ainda tendo a alta possibilidade de Hua ficar paraplégico.

Na processo cirúrgico, que ocorreu em quatro etapas, os médicos tiveram que quebrar e reconstruir a coluna vertebral do homem, uma seção por cada vez, e, depois, finalmente endireitar toda a coluna por completo.

Fotos mostram Hua com a coluna ereta pela primeira vez após 28 anos. Segundo o professor Hiuren, o homem terá seus movimentos normais de volta em apenas "dois ou três meses" de tratamento com fisioterapia.

Essa foi a primeira cirurgia de correção de graves deformidades na coluna vertebral realizada na China. Confira o resultado:

(foto: AsiaWire/Shenzhen University G)
(foto: AsiaWire/Shenzhen University G)


* Estagiário sob supervisão de Roberto Fonseca

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade