Publicidade

Correio Braziliense

O novo governo e a urgência do ajuste fiscal

Com o encerramento do processo eleitoral, realizado na mais absoluta normalidade democrática, a CNC manifesta a confiança de que o presidente eleito, Jair Bolsonaro , e sua equipe possam conduzir o País com êxito na solução das urgentes questões que se apresentam.


postado em 31/10/2018 11:44


 
Com o encerramento do processo eleitoral, realizado na mais absoluta normalidade democrática, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) manifesta a confiança de que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e sua equipe possam conduzir o País com êxito na solução das urgentes questões que se apresentam. Entre elas, a CNC destaca o inadiável e urgente ajuste fiscal, com ênfase na reforma da Previdência e na manutenção do teto de gastos.
Conforme a Confederação tem reiteradamente defendido, sem o equilíbrio das contas públicas não haverá a retomada dos investimentos necessários para que o País tenha um desenvolvimento sustentável, gerando emprego e renda para a população.
Os empresários do comércio de bens, serviços e turismo manifestam o desejo de pleno sucesso ao novo governo, no sentido de seguir contribuindo para o crescimento da Nação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação