Publicidade

Correio Braziliense

Fecomércio-DF lamenta falecimento de Miguel Setembrino, vice-presidente da entidade

O presidente da Fecomércio-DF e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Adelmir Santana, lamenta profundamente o falecimento do vice-presidente da Fecomércio-DF, Miguel Setembrino Emery de Carvalho, aos 84 anos,


postado em 27/02/2018 18:51 / atualizado em 02/03/2018 14:44

Adicionar aos meus Itens O presidente da Fecomércio-DF e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Adelmir Santana, lamenta profundamente o falecimento do vice-presidente da Fecomércio-DF, Miguel Setembrino Emery de Carvalho, aos 84 anos, no início da tarde de segunda-feira (26/02). Miguel estava internado no Hospital Santa Helena, na Asa Norte. O enterro será terça-feira (27/02), no Cemitério Campo da Esperança. “É uma perda lamentável. Miguel sempre teve uma vida intensa dentro do Sistema, inclusive foi fundador da Fecomércio. Todos estamos consternados com esta notícia”, disse Adelmir.

 

Perfil

Natural de Guaçuí (ES), Miguel Setembrino Emery de Carvalho nasceu em 1933. Passou parte de sua juventude no Rio de Janeiro, onde se formou nos cursos de Direito, Filosofia e Antropologia. Também estudou a psicologia infantil e do comportamento, tendo ministrado 11 disciplinas em diferentes escolas do Rio e de Brasília. Chegou à capital federal em 1966. No Distrito Federal, ajudou a fundar a Federação do Comércio e o Sindicato das Imobiliárias. Era o primeiro vice-presidente da Fecomércio desde 2010.

Como advogado, Setembrino se dedicou ao Direito do Trabalho, Direito Tributário e Direito Civil. Foi ministro do Tribunal Superior Eleitoral, de 1988 a 1994, e juiz classista do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região.

No segmento imobiliário, começou administrando imóveis de clientes. Em 1970, recebeu o registro de corretor, inscrito na 8ª Região do Conselho Regional de Corretores de Imóveis no DF (Creci-DF), com o número 190. Em dezembro do mesmo ano, ao lado de Newton Rossi, fundou a Federação do Comércio do Distrito Federal. Após inaugurar a Buriti Imóveis, uma das primeiras imobiliárias do DF e a primeira incorporadora, presidiu o Sindicato dos Corretores de Imóveis. Desde 1979 e 1981, era conselheiro regional do Senac e do Sesc, respectivamente.

Com a migração do Sindicato de Corretores para o plano de profissionais liberais, a categoria perdeu o vínculo com a Fecomércio. Para que as empresas imobiliárias não ficassem de fora do Sistema Comércio, Miguel Setembrino, inspirado pelo exemplo de Goiás, fundou, em 1987, o Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do DF (Secovi-DF). Inquieto, o empreendedor, professor, advogado e jornalista participou de todas as Diretorias do Secovi-DF e, entre 2004 e 2010, presidiu o sindicato.

Ao longo de sua trajetória, Miguel Setembrino foi agraciado com várias condecorações, entre elas: o Mérito Mercador Candango e a Comenda da Ordem do Mérito Comercial, no grau Grã-Cruz, entregues pela Fecomércio; a Ordem do Mérito da Justiça do Trabalho e a Ordem do Mérito de Brasília. Brasiliense de coração, Miguel sempre teve orgulho de fazer parte da história da cidade. Deixa a esposa Sonia Maria Campos Dall’Orto e o filho Miguel Campos Dall’Orto Emery de Carvalho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação