Publicidade

Correio Braziliense

A hora e a vez de Carmem Manfredini

Irmã de Renato Russo escolhe Brasília para o primeiro show do CD O fim da infância, ao lado do grupo Tantra


postado em 09/12/2009 08:00 / atualizado em 08/12/2009 21:56

Três meses depois de lançarem o CD O fim da infância, Carmem Manfredini e a banda Tantra chegam ao palco para mostrar ao vivo o resultado desse trabalho. O lugar escolhido para o primeiro show foi Brasília, cidade onde a cantora, irmã de Renato Russo, mora desde a infância. Hoje, às 21h, eles se apresentam no O%u2019Rilley Irish Pub (409 Sul), cercados de curiosidade. "Nas duas últimas semanas, estive no Rio de Janeiro e praticamente não saí do Órbita Studios, no Jardim Botânico, onde ensaiei bastante com Fred Nascimento (guitarra, violão e gaita), Gian Fabra (baixo) e Carlos Trilha (teclados), até porque, desde setembro, quando o disco foi lançado, não tínhamos nos encontrado", diz Carmem. "Durante os ensaios, também tivemos a oportunidade de bater papo sobre várias coisas, inclusive futebol", brinca. Do roteiro do show fará parte todo o repertório do álbum. A única que ficará de fora é Out of time, de Gian Fabra. O público, então, vai poder apreciar Mar nos olhos, La strada, Parábola blues, Dançando em silêncio, Luz do dia e Outro eu (parcerias de Fred Nascimento e Gian Fabra), além das versões do Tantra para Virgem (Marina Lima e Antônio Cícero) e Rocky racoon (John Lennon e Paul McCartney), que também faz parte do projeto comemorativo dos 40 anos do Álbum branco, dos Beatles, lançado pelo selo carioca Discobertas.

Tantra(foto: Tangerina Design/Reprodução )
Tantra (foto: Tangerina Design/Reprodução )
"Incluimos no set list Tropicália (Caetano Veloso) e duas músicas do disco anterior do Tantra: Corpos, do Eles não eram nada, o primeiro álbum; e Zepelin, do segundo, A febre dos sonhos, que contou com a participação de Fernanda Takai. Vamos fazer duas composições do meu irmão, Giz, que é a minha preferida no repertório da Legião (Urbana), e Geração Coca-Cola, escolhida pelos meninos", anuncia Carmem. Sem esconder a expectativa em relação ao show, a cantora (ex-integrante do Coro Sinfônico da UnB e do grupo vocal Spirituals de Porco) revela que o fato de ser a primeira vez que ela e a banda sobem ao palco juntos provoca uma grande ansiedade. "Ainda mais porque isso vai ser em Brasília. Ainda bem que na plateia certamente estarão vários amigos." Autor da maioria das letras do Tantra, Gian Fabra acredita que tudo sairá bem, mesmo sendo uma estreia. "A Carmem é uma grande intérprete e já tem experiência suficiente para mostrar seu talento, como demonstrou nos ensaios que fizemos nos últimos 15 dias. Para o show, criamos um som orgânico, bem próximo do registro feito em O fim da infância." Esta é a primeira vez que o Tantra toca na capital. "Estive aí acompanhando Leo Jaime, Biquini Cavadão e naquela homenagem ao Renato Russo, na Sala Villa-Lobos, com a participação de vários artistas do pop rock nacional e da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional", lembra, por telefone, Fabra. O baixista adianta que a turnê de O fim da infância só começará em março do próximo ano.
Carmem e os integrantes do Tantra: além de músicas do CD, canções da Legião e de Caetano estarão no roteiro do show(foto: Mário Lyra/Divulgação )
Carmem e os integrantes do Tantra: além de músicas do CD, canções da Legião e de Caetano estarão no roteiro do show (foto: Mário Lyra/Divulgação )
O reencontro Fred Nascimento, Gian Fabra e Carlos Trilha conheceram Carmem Teresa na última turnê da Legião Urbana, em 1995. À época, os músicos faziam parte da banda de apoio do grupo liderado por Renato Russo. Em 2008, quando o produtor Marcelo Fróes convidou a cantora para participar do projeto em comemoração aos 40 anos do Álbum branco dos Beatles, ela os reencontrou. Inicialmente, gravou Rocky racoon com o acompanhamento de Fred Nascimento. Quando ouviram a gravação, Gian Fabra e Carlos Trilha propuseram um outro registro, em que também tocariam. A partir dali, eles passaram a se falar com frequência e, no lançamento do CD, Carmem foi convidada pelos três para se juntar a eles. A união da competência instrumental do Tantra com a voz aveludada da cantora resultou em O fim da infância, lançamento do selo LGK Music, recebido com elogios pela crítica. Carmem Manfredini e Tantra Show da cantora e da banda hoje, às 21h, no O%u2019Rilley Irish Pub (409 Sul, Bl. C; 3244-0222). Couvert: R$ 15 (homem) e R$ 10 (mulher). Não recomendado para menores de 18 anos.

Ouça a música Luz do dia


Veja ensaio de Carmen Manfredini com o grupo Tantra

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade