Publicidade

Correio Braziliense

Pink Floyd processa EMI por venda de músicas na Internet


postado em 09/03/2010 15:20

Londres - O grupo de rock britânico Pink Floyd entrou nesta terça-feira com uma ação em Londres contra a EMI, sua gravadora desde 1967, devido à venda ilegal de suas músicas pela Internet. O advogado do grupo, Robert Howe, explicou no tribunal que a disputa gira em torno do direito da gravadora de vender músicas fora "da configuração original dos álbuns do Pink Floyd". Howe argumentou que uma cláusula contratual entre as partes "proíbe expressamente" esta desagregação, ainda que para a EMI ela só seja "aplicável para os produtos físicos e não para a Internet". Criado em 1964 a partir de um grupo chamado Sigma 6, o Pink Floyd começou a se tornar popular ainda a partir dos anos 60 e conquistou o ápice de seu sucesso na década de 70, quando lançou "The Dark Side of the Moon" (1973), um dos álbuns mais vendidos da história, seguido por "Wish You Were Here (1975), "Animals" (1977) e "The Wall" (1979). Após a ruptura em 1981 entre seu líder Roger Water e o resto do grupo, os membros do Pink Floyd deixaram de lado suas diferenças e se apresentaram juntos novamente em 2005, em um evento em Londres contra a probreza na África chamado de Live Aid.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade