Publicidade

Correio Braziliense

Black Eyed Peas chega a Brasília com 50 toneladas de equipamentos


postado em 22/10/2010 15:58 / atualizado em 23/10/2010 01:03

Palco montado no estacionamento do Mané Garrincha: 50t de equipamentos(foto: André Corrêa/CB/D.A Press)
Palco montado no estacionamento do Mané Garrincha: 50t de equipamentos (foto: André Corrêa/CB/D.A Press)

Os números impressionam. São cerca de 50 toneladas de equipamentos transportados por 19 carretas. Para se ter uma ideia do tamanho do espetáculo que a banda norte-americana Black Eyed Peas apresenta nesta sexta, às 21h, em Brasília, é preciso a força de trabalho de 200 pessoas. Esses profissionais são responsáveis por montar o palco giratório de 16x20 metros e 234 pernas cada uma com rodas para criar uma estrutura que “anda”. Nele, serão instalados cinco elevadores. Quatro deles são os mesmos utilizados pela produção de Michael Jackson, para o espetáculo que acabou não acontecendo por causa do falecimento do Rei do Pop. Todos são equipados com ar comprimido e motores elétricos para lançar os performers a dois metros do chão. O outro elevador elevará Will.I.am a uma altura de seis metros.


E as novidades não param por aí. Para uma maior interação entre artistas e cenografia serão instaladas 168 peças de vídeo screen e oito projetores, alem de oito flashes de laser para criar uma atmosfera futurista ao show. O quarteto usará cinco figurinos diferentes, com direito até a roupas de super-heróis. Para acompanhar, 260.000 watts da iluminação serão gerenciados por 19 programas diferentes de luz que realizam mais de 600 movimentos durante o show.


O som não ficará para trás. Serão 300 mil watts de som de última geração, customizados para dar a maior cobertura possível e fazer tremer o chão do Estacionamento do Mané Garrincha na noite desta sexta-feira (22/10).


Com todo este aparato, o Black Eyed Peas quer impressionar e fortalecer a relação de carinho entre banda e seus numerosos fãs. Esta é a segunda passagem da banda por Brasília – a primeira foi em 2006. Desta vez, para apresentar o espetáculo The E.n.d, uma turnê mundial que vem provocando espanto pela grandiosidade da produção e passará por nove cidades brasileiras.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade