Publicidade

Estado de Minas

Confira as homenagens para Moacyr Scliar


postado em 27/02/2011 11:31 / atualizado em 27/02/2011 14:05

A comunidade judaico brasileira se despede de Moacyr Scliar:


"Perdemos o maior escritor contemporâneo da comunidade judaica brasileira. Faleceu Moacyr Scliar. Que sua alma faça parte da corrente da vida eterna".

 

Academia Brasileira de Letras


O presidente da ABL, Marcos Vinicios Vilaça,  determinou luto oficial de três dias. A  bandeira da ABL está hasteada a meio mastro.

"Moacyr foi um trabalhador literário incansável, um ser humano agradabilíssimo que nos vai   fazer muita falta", declarou Vilaça, que designou o Acadêmico Domício Proença Filho, Primeiro- Secretário, para representar a ABL nas cerimônias fúnebres. Na Academia, onde tomou posse em 2003,  Scliar ocupava a  Cadeira  nº 31, fundada por João Ribeiro, que escolheu como patrono Guimarães  Jr. e que foi ocupada por Paulo Setúbal, Cassiano Ricardo, José Cândido de Carvalho e Geraldo França de Lima, a quem Scliar sucedeu. 

 O Presidente da Academia,  Marcos Vinicios Vilaça,declarou: "Foi um acadêmico múltiplo, atuava na ABL, com a ABL, pela ABL.  Trabalhador incansável da cultura, Moacyr produziu uma obra respeitável e de grande poder de comunicação com o leitor.  Ser humano agradabilíssimo, ele vai nos fazer muita falta e deixa enorme saudade"

Logo ao tomar conhecimento da morte de Moacyr Scliar, Marcos Vilaça  determinou que a ABL guarde luto de  três dias e também que a bandeira acadêmica seja hasteada a meio mastro. A Sessão de Saudade será realizada na próxima semana. Ao final, será declarada  aberta a vaga, inaugurando-se o processo sucessório. O prazo de recebimento de inscrições é de sessenta dias.  Trinta dias depois desse período, a ABL  marcará  a data para a eleição do novo acadêmico.

                         

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade