Publicidade

Estado de Minas

Aplicativos desvendam os mistérios da culinária para os inexperientes


postado em 25/08/2012 08:00

(foto: Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press)
(foto: Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press)

Aprender a cozinhar está mais ao alcance das mãos do que se imagina. Se antigamente era preciso recorrer aos livros de receitas — aqueles pesados e com termos incompreensíveis —, atualmente basta ter um celular que suporte baixar aplicativos da internet. São diversos tipos de programas relacionados à comida, em que o aspirante a mestre-cuca precisa apenas deslizar os dedos pela tela do smartphone e escolher aquele mais adequado ao conhecimento culinário e ao tipo de aventura gastronômica que vai se arriscar. Contudo, especialista acredita que, mesmo com tantas ofertas, a funcionalidade desses programas ainda pode melhorar.

“Eu só sabia fazer salmão, a receita mais fácil do mundo”, conta Roberto Peixoto. Na comida referida, o filé de peixe é cozido e servido em uma cama de batatas e finalizado com molho de alcaparras. Depois que o publicitário comprou um celular, resolveu baixar os aplicativos. Ele tem três. Ensinam pratos simples e lights para o dia a dia e fornecem informações sobre o mundo gastronômico. “Agora, faço alguns pratos com a ajuda da minha mãe. Acho esse tipo de serviço prático”, diz.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade