Publicidade

Correio Braziliense

Banda de reggae Maskavo assume a linha açucarada e romântica em novo disco


postado em 02/02/2013 09:27

Há, dentro do universo reggae, um subgênero que se destaca por dar preferência à temática amorosa. É o lovers rock. Apesar de sempre ter lançado mão do romantismo e até da sensualidade, foi só na década de 1970 que o estilo ganhou força como um movimento à parte — principalmente fora da Jamaica, berço do ritmo de Jah e com canções de viés mais politizado. Cientes da linha açucarada que permeia a música, a banda de reggae brasiliense Maskavo decidiu batizar seu recém lançado CD com o tal termo.

“Nossos sucessos sempre foram para esse lado”, observa o guitarrista Rodrigo Prata. A atual formação da trupe conta também com Marceleza, nos vocais, e Bruno Prieto, no baixo. É assim desde o ano 2000, quando o Maskavo Roots adotou apenas o primeiro nome. Maskavo lovers rock é o sexto álbum desta outra fase. Do subgênero regueiro, Prata cita o apreço de sua banda por Gregory Isaacs e Sylvia Tella.



Música: As horas não voltam

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade