Publicidade

Estado de Minas

Doces e guloseimas das festas de crianças ganham versão sem lactose

É possível comemorar o aniversário dos filhos ou reunir os amigos despretensiosamente e oferecer um menu livre da lactose. Especialistas ensinam a fazer salgadinhos e sobremesas que não levam o açúcar do leite


postado em 27/04/2013 06:05

A arquiteta Marília faz as festas do filho Luca com pratos sem lactose. O objetivo é prevenir e integrar, já que ela e alguns parentes do menino têm intolerância ao açúcar do leite (foto: Wallace Martins/Esp. CB/D.A Press)
A arquiteta Marília faz as festas do filho Luca com pratos sem lactose. O objetivo é prevenir e integrar, já que ela e alguns parentes do menino têm intolerância ao açúcar do leite (foto: Wallace Martins/Esp. CB/D.A Press)


O gostoso da festa é comer sem leite. Nada de ingredientes que contenham lactose no bolo, nos doces e nos salgados. E se engana quem acha que a comemoração deixa a desejar pelo sabor dos pratos. É possível celebrar com crianças e adultos sem comprometer a saúde, garante Marília Melo. A arquiteta de 35 anos des-cobriu que tinha intolerância há seis anos e modificou por completo as guloseimas servidas nas reuniões com os amigos e nas festas da família, inclusive nas do filho Luca, de 2 anos.

As festinhas do pequeno são adaptadas. Luca não desenvolveu a intolerância à lactose, mas um avô e uma tia têm o problema. Por isso, Marília prefe-re evitar o açúcar do leite (Leia Para saber mais). Nas receitas que demandam leite, entra suco de frutas. No caso do chocolate, indispensável nas comemorações infantis, a compensação vem com substituições criativas. Em vez do brigadeiro tradicional, mousse em copinhos. Para fazer o doce, Marília acrescenta à clara de ovo batida até que fique em consistência firme, o açúcar e o chocolate meio amargo derretido em banho-maria. “Basta misturar os ingredientes distribuir em taças e levar para a refrigeração por cerca de duas horas. Quem come dificilmente nota a diferença do tradicional”, garante a cearense, que mora em Brasília há oito anos.

Confira receita de bolo:

Bolo Desconstruído, por Tathyana Abreu
Site A Doceria da Tathy

Ingredientes

Massa:

4 ovos

3 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de açúcar;

1 xícara de leite de arroz

1 colher de sopa de creme vegetal

1 colher de sopa de fermento em pó



Recheio:

2 xícaras de leite de arroz

Meia xícara de açúcar

1 baunilha em fava

1 colher e meia de sopa de amido de milho

2 gemas

Frutas vermelhas picadas



Modo de Preparo:

Bata as claras em neve até formar ponto de suspiro. Acresce as gemas, uma a uma, até formar um creme claro. Enquanto estiver batendo, aqueça no o leite de arroz e o creme vegetal. Acrescente a mistura do leite com o creme vegetal aos poucos, sem desligar a batedeira. Diminua a velocidade e coloque o açúcar. Incorpore a farinha de trigo aos poucos. Desligue a batedeira. Adicione o fermento em pó e misture com um batedor de arame. Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por cerca de 40 minutos.

Recheio:

Leve ao fogo o leite de arroz, o açúcar, a fava de baunilha (somente as sementes e as gemas. Quando a mistura começar a levantar fervura, acrescente o amido de milho diluído em um pouco de leite de arroz. Ao engrossar, desligue o fogo. Depois frio, corte o bolo em duas camadas, acrescente o recheio do creme, as frutas picadas e deixe alguns morangos grandes pra fora do bolo. Cubra o centro do bolo com um pouco do recheio e coloque mais frutas vermelhas. Polvilhe com açúcar de confeiteiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade