Publicidade

Estado de Minas

Vocalista do Capital Inicial fala sobre sua trajetória de vida

Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, fala ao Correio sobre a adolescência em Brasília e o início do movimento de rock que surgiu na capital e dominou o país


postado em 22/06/2013 04:00 / atualizado em 22/06/2013 16:22

Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial(foto: Marcelo Rossi/Divulgação)
Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial (foto: Marcelo Rossi/Divulgação)


O destino confluiu em todas as direções para que Dinho Ouro Preto entrasse para a história do rock nacional. Em 1981, dividiu um apartamento em Brasília com Dado Villa-Lobos e Pedro Ribeiro, irmão de Bi, do Paralamas do Sucesso. Na mesma época, namorava Helena, irmã de Fê e Flávio Lemos, que formavam, com um certo Renato Russo, o Aborto Elétrico. Quando se deu conta, já era integrante convicto da Turma da Colina (que agregava os roqueiros) e passou a carregá-la na veia.

Ainda não sabia que se apossaria dos irmãos Lemos para, com eles, formar o Capital Inicial. Nem que o melhor amigo, Dado, acabaria na Legião Urbana. “Nunca imaginamos o que estava para acontecer. Éramos um bando de jovens em acampamentos tocando música”, ele admitiu, nesta entrevista ao Correio.

Renato Russo

Eu e Helena (namorada de Dinho na época e irmã de Fê e Flávio) frequentávamos muito a casa de Renato. Ficávamos horas jogando conversa fora. Era um privilégio e tentávamos usufruir até o último segundo de todo contato com ele. Renato era de uma erudição quase enciclopédica. A companhia dele era muito prazerosa. Quando rolava baladas e festas que eu sabia que ele não iria, eu desistia. Sem ele, não teria graça. Tudo girava em torno dele. Era como se ele fosse o sol e nós fôssemos pequenas pedras girando ao redor dele. Eu sempre percebi isso. Acho que nenhum outro músico admitiria essa hierarquia. As pessoas não lembram muito, mas ele tinha um senso de humor transbordante. Ele era muito engraçado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade