Publicidade

Estado de Minas

Tom Cruise e editora fecham acordo para evitar julgamento

Ator pedia 50 milhões de dólares por uma reportagem feita em julho de 2012, em que foi publicada uma foto de Suri sob o título "Suri chorando, abandonada por seu pai"


postado em 21/12/2013 11:45

Los Angeles - Tom Cruise e o grupo editorial Bauer Publishing, cuja revista "Life & Style" sugeriu que o ator americano havia abandonado a filha Suri, fecharam um acordo para evitar um julgamento, anunciou na última sexta-feira o advogado do artista. "O processo de Tom Cruise contra a Bauer Publishing, 'In Touch' e 'Life & Style' foi arquivado", afirmou o advogado. "Os termos do acordo são confidenciais."

Em documentos que apresentou à Justiça, Cruise afirma ter
Em documentos que apresentou à Justiça, Cruise afirma ter "uma relação maravilhosa" com a filha, de 7 anos (foto: REUTERS/Andrew Burton)

"A Bauer Publishing, bem como a 'In Touch' e 'Life & Style', nunca quis sugerir que Tom Cruise houvesse rompido relações e abandonado a filha Suri, e lamenta que algumas pessoas tenham interpretado desta forma as publicações", assinalou o advogado.

Leia mais notícias em Diversão e Arte


Tom Cruise pedia 50 milhões de dólares por uma reportagem feita em julho de 2012, em que foi publicada uma foto de Suri sob o título "Suri chorando, abandonada por seu pai".

Um mês antes, a atriz Katie Holmes havia pedido o divórcio ao ator, após seis anos de casamento, e deixado Nova York com a filha.

Em documentos que apresentou à Justiça, Cruise afirma ter "uma relação maravilhosa" com a filha, de 7 anos, que nunca teria "dado a entender que se sentia abandonada". "De forma alguma expulsei Suri da minha vida, física, emocional ou financeiramente, nem de nenhuma outra forma", afirmou o ator.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade