Publicidade

Estado de Minas

Mesmo sem praia, bandas de Brasília apostam no estilo da surf music

O grupo Natiruts foi um dos primeiros a apresentar a cultura do surfmusic na capital. Ao longo dos anos, surgiram mais bandas que tentavam suprir essa necessidade do mar por meio da música


postado em 30/12/2013 07:57 / atualizado em 30/12/2013 08:24

Super Stereo Surf é uma das bandas mais antigas a representar o gênero na capital(foto: Luis Xavier de França/Esp. CB/D.A Press)
Super Stereo Surf é uma das bandas mais antigas a representar o gênero na capital (foto: Luis Xavier de França/Esp. CB/D.A Press)

Brasília é uma cidade carente de litoral. E a culpa dessa ausência de praia, às vezes, é creditada pelos admiradores da cidade a Juscelino Kubitschek — teria sido ele quem se esqueceu do mar. Em outros momentos, os fãs da capital justificam dizendo que o mar de Brasília é o céu. Independentemente dos motivos poéticos para a cidade não ter um clima litorâneo, a banda Natiruts explicou o fenômeno de os brasilienses serem apaixonados pelo estilo de vida praiano em música. “Eu sei que o Havaí não é aqui, que o mar está longe daqui/ Mas pra que que eu quero o mar, se tenho o lago para mim/ Prometo que eu vou me esforçar para um dia no topo eu chegar/ E o mundo vai conhecer o surf lacustre que eu vou desenvolver”.

Surf Sessions canta Como as coisas são



O grupo de reggae foi um dos primeiros a disseminar a cultura da surfmusic em Brasília. Depois, ao longo dos anos, surgiram mais bandas que tentavam suprir essa necessidade do mar por meio da música. Uma das mais antigas da capital é a Super Stereo Surf. O grupo, formado por Harrison Azevedo, Alex Maraskin, Marcio Rocha, Anderson Nigro e Rodrigo, surgiu, em 2000, influenciado por bandas instrumentais do gênero. “A gente acabou tendo a ideia de tocar algo parecido”, revela Maraskin, o guitarrista.

Leia mais notícias em Diversão & Arte

Grupo Jambalaia interpreta Get Lucky

Com um som instrumental, que também apresenta influências do rock, os rapazes da Super Stereo Surf lançaram o primeiro CD em 2009, Antes do baile. “Foi bem legal e bem aceito pelo público. Também foi nele que começamos a usar a ideia de um dos bateristas de nomear as músicas com títulos de filmes”, conta. Um dos exemplos é a música Tá dando onda, que faz parte da coletânea México surf (2012), com canções de bandas da América Latina. O hit faz referência à animação sobre um pinguim que sonha em ser um surfista de sucesso.

Banda Super Stereo Surf cantando Os imperdoáveis


A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade