Publicidade

Estado de Minas

Banda norte-americana Dream Theater se apresenta em Brasília nesta terça

Show do grupo reforça apreço da cidade pelo rock pesado


postado em 07/10/2014 08:01

Dream Theater traz a Brasília músicas do novo disco, o primeiro que leva o nome da banda, formada há 29 anos
Dream Theater traz a Brasília músicas do novo disco, o primeiro que leva o nome da banda, formada há 29 anos


“O heavy metal está vivo.” A declaração vem de alguém que dedicou toda a vida ao estilo — John Petrucci, fundador e guitarrista da banda Dream Theater, que se apresenta hoje em Brasília com a turnê Along for the ride tour. “E ele não só está vivo como alcança grandes multidões. Isso é muito encorajador para nós”, completa o artista em entrevista exclusiva ao Correio. Ele não disfarça a empolgação em voltar a tocar na capital e apresentar ao público o mais recente álbum.



Lançado no ano passado, pela primeira vez um disco foi batizado com o nome da banda, como uma demonstração da força e representatividade deste novo projeto. Para Petrucci, John Myung (baixo), Jordan Rudess (teclados), Mike Mangini (bateria) e James LaBrie (vocais), Dream Theater é um divisor de águas — principalmente porque contou com a contribuição inédita de Mangini nas composições e na produção, desde que substituiu Mike Portnoy no grupo, em 2010.

Leia mais notícias em Diversão & Arte


Há 29 anos na estrada (alguns deles sob a alcunha de Magesty), os norte-americanos continuam no topo como um dos maiores nomes do metal por unir vertentes diversas, como o heavy metal e o metal progressivo de maneira virtuosa.



Os mais de 10 milhões de disco vendidos pelo Dream Theater ao longo da carreira, em uma época em que a música digital domina o mercado fonográfico, também comprova que o metal pesado ainda têm espaço cativo entre os fãs de rock. “Isso é outra razão para vir à América Latina: os brasileiros amam heavy metal e o mantêm pulsante vindo aos shows e fazendo a engrenagem girar”, avalia Petrucci.

Retorno à capital
Em Brasília, fãs comemoram a volta do Dream Theater à cidade após hiato de dois anos desde a última apresentação. “Tivemos a oportunidade de, por escolha da banda, abrir um show no Rio de Janeiro há alguns anos. O Dream Theater é extremamente técnico e tem músicas maravilhosas”, elogia o músico Marcelo Barbosa, guitarrista da banda Khallice, diretamente influenciada pelos americanos. “Já tive a oportunidade de vê-los ao vivo várias vezes, a última delas aqui em Brasília mesmo. É sempre uma grande diversão e ,para quem é músico, eles dão uma aula. Imperdível!”, completa.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade