Publicidade

Estado de Minas

Idosa é retirada de plateia após discutir com Ney Latorraca durante peça

Segundo diretor Gerald Thomas, mulher disparou ofensas pessoais contra ator de 70 anos


postado em 31/10/2014 12:25 / atualizado em 31/10/2014 16:36

Ney Latorraca teria exigido saída de espectadora após ser ofendido em sessão de 'Entredentes'(foto: Alexandre Guzansche/EM/DA press)
Ney Latorraca teria exigido saída de espectadora após ser ofendido em sessão de 'Entredentes' (foto: Alexandre Guzansche/EM/DA press)

Um desentendimento entre Ney Latorraca e uma espectadora interrompeu sessão da peça 'Entredentes' na noite da última quinta-feira, 30, no Rio de Janeiro. Segundo Gerald Thomas, diretor do espetáculo, a idosa foi quem provocou o ator de 70 anos, que teria solicitado a saída dela. "O meu ator Ney Latorraca foi agredido por alguém da plateia hoje", relatou ele no Facebook, horas depois do ocorrido.

Leia mais notícias em Diversão e Arte

"Espetáculo quase interrompido ou se rompendo para sempre", classificou o autor. Ainda pela rede social, Gerald rebateu informações publicadas por um colunista carioca, que descrevia uma "bronca" passada por Ney contra a mulher. "Tudo exatamente o contrário. O Ney foi xingado por essa mulher", afirmou o diretor. Pessoas presentes no teatro relataram pela internet que a saída da mulher foi aplaudida pelo elenco.

Segundo o diretor, que escreveu 'Entredentes' especialmente para Latorraca, o ator foi alvo de ofensas pessoais por parte da espectadora desde o início da sessão. "O que vocês fariam se fossem insultados por uma demente e chamados de 'viado' e 'filho da puta' por vinte minutos de espetáculo correndo?", questionou Thomas.

Em cartaz no Teatro Sesc Ginástico, Centro do Rio, a peça entra em sua reta final de temporada neste fim de semana. Criada por Gerald Thomas como uma espécie de celebração dos 50 anos de carreira de Ney Latorraca, o espetáculo critica com bom humor os horrores contemporâneos, partindo do extremismo religioso. A trama mostra o encontro entre um radical islâmico e um judeu ortodoxo em pleno Muro das Lamentações, nos arredores de Jerusalém. No elenco, além do veterano dos palcos, estão Edi Botelho e Maria de Lima.

Em nota, o Sesc Rio lamenta o desentendimento entre o ator Ney Latorraca e a espectadora. A temporada transcorrerá normalmente com apresentações desta sexta-feira (31/10) a domingo (2/11), às 19h.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade