Publicidade

Estado de Minas

Leticia Sabatella mostra lado politizado e fala sobre projetos musicais

"Eu fui para a rua e participei das manifestações populares no ano passado", revela atriz


postado em 02/11/2014 08:03 / atualizado em 01/11/2014 21:31

A atriz em dois momentos: na série da TV a cabo Sessão de Terapia e em cena no espetáculo Trágica.3, no qual canta e toca piano(foto: GNT/Divulgação)
A atriz em dois momentos: na série da TV a cabo Sessão de Terapia e em cena no espetáculo Trágica.3, no qual canta e toca piano (foto: GNT/Divulgação)


Tão enigmática como a heroína grega Antígona, que interpreta até 30 de novembro nos palcos do CCBB, Leticia Sabatella é uma mulher a ser desvendada. Na vida pessoal, discrição é palavra de ordem. Mas, na esfera política, a mineira nunca teve medo de se expor. “Eu fui para a rua e participei das manifestações populares no ano passado, e as pessoas me respeitaram bastante”, afirma, em entrevista exclusiva ao Correio.

Leia mais notícias em Diversão & Arte


A atriz se declara a favor de causas ambientais e da reforma política, apoia o Movimento dos Sem-Terra e se declarou publicamente contra a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. “O lucro imediato não é mais importante que os nossos rios e matas. É preciso ter a consciência que as florestas e biomas dependem da nossa colaboração para continuar existindo”, explica.



No mês passado, a atriz viu sua imagem vinculada à campanha eleitoral de Aécio Neves em um vídeo, de maneira não autorizada. Não demorou até que ela exigisse uma retratação. “Isso é um roubo, um desrespeito. Trata-se de uma enorme mentira”, desabafou, em um post publicado em uma rede social. “Não acho que o vídeo tenha sido criado pela equipe dele, mas não gostei da forma como foi usado”, pontua.

Sobre Brasília, geralmente visita a cidade movida por pautas políticas — como uma manifestação política da qual participou na frente do Supremo Tribunal Federal, em 2007. “Também fui algumas vezes conhecer tribos locais e a Chapada dos Veadeiros”, lembra.

Multitalentosa
Além de atriz, Leticia também tem relação íntima com a música. Ela toca piano e já emprestou a voz a alguns personagens, como Verônica, da novela Sangue Bom. Na peça Trágica.3, dirigida por Guilherme Leme Garcia, executa a trilha sonora ao vivo com os atores e multi-instrumentistas Marcello H e Fernando Alves Pinto. Pela parceria, eles foram indicados ao Prêmio Shell de Teatro.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade