Publicidade

Estado de Minas

Primeiro livro autorizado por Roberto Carlos traz fotos pouco conhecidas

Obra revive a trajetória de um dos artistas mais bem-sucedidos da história brasileira


postado em 16/11/2014 08:03 / atualizado em 16/11/2014 13:10

(foto: Claudia Schembri / Divulgação)
(foto: Claudia Schembri / Divulgação)


“Não é uma biografia”, antecipou o próprio Roberto Carlos, durante a coletiva de imprensa sobre o lançamento do livro fotográfico que leva seu primeiro nome. Com quase 400 páginas, o recém-lançado Roberto traz centenas de imagens do compositor, que revivem a trajetória de um dos artistas mais bem-sucedidos da história brasileira. Da infância aos dias atuais. Trata-se do primeiro e único livro autorizado e editado pelo Rei.

(foto: Claudia Schembri / Divulgação)
(foto: Claudia Schembri / Divulgação)
Como tudo que envolve o cantor, o processo foi letárgico e detalhista. Ao todo, mais de 4 mil fotos foram pré-selecionadas, e o processo durou cerca de quatro anos. “Aprendi que há o nosso tempo e o tempo de Roberto Carlos, que é bem diferente”, contou Carlos Ribeiro, editor e diretor do projeto.

As peculiaridades que envolvem o artista, segundo Ribeiro, não impuseram qualquer dificuldade no desenvolvimento do trabalho. Mesmo na escolha do material. “Não houve censura. Ele se mostrou flexível e aberto ao diálogo. Claro, ele preferia uma ou outra foto, mas sempre tinha a preocupação de justificar, de conversar sobre as opções, o que facilitou muito”, elogiou o editor.

Leia mais notícias em Diversão&Arte

Após tantos encontros, Ribeiro começou a esboçar uma nova imagem do artista que ele admirava somente de longe. “Minha maior satisfação foi vê-lo fora dessa áurea monárquica, imperial. Foi uma aula de simplicidade. Embora perfeccionista, isso nada interfere na maneira com a qual ele se dirige aos outros. Pelo contrário. Sempre muito carinhoso”, ressaltou.

Autobiografia

O lançamento atual, de forma alguma, compromete a produção da aguardada autobiografia. Durante a coletiva, Roberto voltou a afirmar que o projeto de contar a própria história segue em andamento. “Já escrevi até os meus 25 anos. Faltam mais dois terços. Ninguém vai contar a minha trajetória melhor do que eu. Muita gente pensa que vou esconder alguma coisa, mas vou escrever tudo”, garantiu.

Roberto

Toriba Editora. Páginas:384. Preço: R$ 249. A edição de colecionador, em formato especial, ainda pode ser encontrada diretamente com a editora a R$ 4.500 (www.toribaeditora.com.br)


A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade