Publicidade

Estado de Minas

Diretor do filme "Tim Maia" contesta versão exibida pela Globo

Cineasta e fãs do músico criticaram corte de cenas, que teria amenizado os problemas da relação de Tim Maia com Roberto Carlos


postado em 04/01/2015 17:47 / atualizado em 04/01/2015 18:06

No cinema, Tim é interpretado por Robson Nunes na versão jovem e, mais tarde, por Babu Santana(foto: Paprica Fotografia/Divulgação)
No cinema, Tim é interpretado por Robson Nunes na versão jovem e, mais tarde, por Babu Santana (foto: Paprica Fotografia/Divulgação)


O cineasta Mauro Lima, diretor do longa "Tim Maia" pediu aos que ainda não viram o filme que não assistam a minisérie exibida pela Globo entre quinta (1º/01) e sexta-feira (02/01). "Aos seguidores que não viram Tim Maia no cinema sugiro que não assistam essa versão que vai ao ar hoje e amanhã na Globo. Trata-se de um subproduto que não escrevi daquele modo, nem dirigi ou editei", recomendou. O programa foi ao ar como uma recriação do filme do cineasta.

Leia mais notícias em Diversão e Arte

Não apenas o diretor do filme de Tim, mas também os fãs do músico reclamaram da biografia na versão global, dos cortes de cenas e dos diálogos. Na emissora, a conturbada amizade do cantor com Roberto Carlos não teria recebido o destaque necessário.

O longa dirigido por Mauro Lima foi adaptado do livro Vale tudo – O som e a fúria de Tim Maia, de Nelson Motta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade