Publicidade

Estado de Minas

Morre atriz mexicana Magda Guzmán, a Adelina de 'A usurpadora'

A atriz foi vítima de uma parada cardíaca


postado em 12/03/2015 22:31

A atriz Magda Guzmán, a governanta Adelina de "A usurpadora", uma pioneira das telenovelas mexicanas, faleceu nesta quinta-feira, aos 83 anos, vítima de uma parada cardíaca - informaram sua família e a emissora Televisa.

"Até hoje minha guerreira favorita, minha avó da alma. Magda Guzmán acaba de empreender sua viagem com Papai do Céu, voe alto minha vida. Te amo", postou sua neta, a também atriz Magda Karina Talamantes, no Twitter.

O site da rede Televisa, onde Magda trabalhou a maior parte de sua vida, anunciou o falecimento da atriz, "vítima de um parada cardíaca".

Leia mais notícias em Diversão e Arte

O Instituto Nacional de Belas Artes e a Academia Mexicana de Artes e Ciências Cinematográficas lamentaram a morte da atriz. Com uma longa carreira, iniciada aos dez anos, Magda tem mais de 50 novelas no currículo, entre elas "Yesenia" e "Bodas de odio".

Nascida na cidade de Saltillo, no norte do país, em 16 de maio de 1931, ela também atuou no teatro e no cinema e chegou a trabalhar com estrelas como Pedro Infante, no filme "La vida no vale nada" (1955). Por esse longa, Magda foi indicada ao Prêmio mexicano Ariel na categoria de melhor atriz.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade