Publicidade

Estado de Minas

Cantor Thiaguinho mostra diversidade com o novo álbum Hey mundo!

O disco conta com 14 faixas e traz referências do R&B, do pop, do rap e da black music


postado em 18/03/2015 08:00

Hey mundo! conta com participações de Péricles, Rogério Flausin e Hellen Caroline(foto: André Schiliró/Divulgação)
Hey mundo! conta com participações de Péricles, Rogério Flausin e Hellen Caroline (foto: André Schiliró/Divulgação)

Menos de um ano depois do lançamento de Outro dia, outra história, Thiaguinho anuncia o novo álbum Hey mundo! (com promoção exclusiva do Correio a partir do dia 29). O quarto trabalho solo do cantor tem 14 faixas, com referências do R&B, do pop, do rap e da black music.
 
Hey mundo! segue com as inovações vistas no trabalho anterior do cantor. Guitarra, violões de aço, metais, vasos e cajon conferem sonoridades mais acústicas para o repertório — que vai desde sambas romântico até pagodes mais animados. Outro destaque do disco são as participações especiais.

Hellen Caroline canta em O amor venceu; e Rogério Flausino e Mr. Dan dão uma canja em Não pare! e Para pra pensar, respectivamente. Há três anos sem gravar uma canção inédita, Thiaguinho e Péricles dividem os vocais em Fantasma.

Além de amigo, produtor e compositor, Rodriguinho está na música Pra que viver nesse mundo?, lançada no último dia 11, aniversário de Thiaguinho. A letra romântica tem uma levada dançante, que mistura samba, rap e pop.

Curiosamente, na mesma data, em 2014, o cantor divulgou Caraca, muleke!, o primeiro single de Outro dia, outra história. Com mais de 9 milhões de visualizações no YouTube, o hit levou o prêmio de “Música Chiclete” pelo Prêmio Multishow 2014.



Na estrada

Thiago André Barbosa, o Thiaguinho, começou a cantar na adolescência, no coral da igreja em Ponta-Porã (MS), cidade onde passou a infância. Aos 18, ele participou do Fama, um reality show criado para revelar novos talentos da música brasiliera. O cantor de Presidente Prudente (SP) não chegou até a final, porém o destaque no cenário artístico veio um ano depois, com o convite para assumir os vocais do grupo Exaltasamba.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade